Técnico de Futebol foi extorquido em R$500 mil em Bitcoin por Hacker.

A extorsão sofrida por um técnico de futebol de um time da Premier League ganhou as manchetes da imprensa na Inglaterra.

Pep Guardiola, técnico do time de futebol Manchester City teve sua conta de e-mail hackeada, e foi ameaçado sobre um possível vazamento de suas informações privadas caso não fosse feito um pagamento de mais R$500 mil reais em bitcoin.

Por não possuir uma regulamentação de bancos e ter seu funcionamento online, os hackers preferem esse tipo de pagamento. 

O suposto hacker teve acesso às conversas privadas no celular do treinador De acordo com o jornal The Sun, Pep Guardiola foi orientado a realizar o pagamento de 100 mil libras, que na atual cotação chega a valer cerca de R$570 mil. Convertendo para Bitcoin, daria mais de 14 BTCS.

A aventura do hacker durou pouco, pois o mesmo foi identificado e preso.

A Aproximação das Criptomoedas e do Futebol.

O mercado futebolístico vê com bons olhos a aproximação das moedas digitais que ocorreu nos últimos anos. Tanto até que muitos clubes já possuem seus próprios ativos digitais, como a Juventus, Paris Saint Germain, Barcelona entre, outros.

Apesar de ainda não estar presente em transferência de jogadores, o bitcoin anda ganhando espaço no mundo de futebol, como por exemplo o Real Madrid, que aceita a moeda digital como forma de pagamento em alguns de seus serviços.

No Brasil, o time de futebol Bragantino já chegou a fechar com 2 patrocinadores por meio de Bitcoin, algo inédito no país. 

Tudo indica que o mundo do futebol e das criptomoedas tendem a se aproximar ainda mais. Uma pena que neste episódio específico envolvendo Pep Guardiola, ficou marcado de forma negativa.

Siga-nos nas redes sociais, acompanhe nosso blog e mantenha-se atualizado!