Hackers invadem site de Donald Trump e pedem Monero!

Se o Presidente dos Estados Unidos nunca ouviu falar sobre criptomoedas, essa semana provavelmente ele conheceu e de uma forma pouco agradável.

Na madrugada de da última quarta feira, um site de campanha oficial do Presidente dos Estados Unidos Donald Trump sofreu um ataque Hacker. Na página “Sobre” de seu site, constava a seguinte mensagem: “este site foi hackeado, o mundo está farto de fake news espalhadas diariamente pelo presidente Donald J. Trump.”

Os invasores do site de campanha do presidente afirmaram ter informações de que Donald Trump estaria envolvido em uma teoria da conspiração sobre a origem do Coronavírus. Além disso, os hackers afirmaram também possuir informações confidenciais de que Trump estaria manipulando as eleições de 2020 com a ajuda de partidos estrangeiros.

Monero para liberação de informações.

Os hackers responsáveis pelo ataque disseram que iriam liberar os dados que comprovariam suas supostas teorias por meio de uma votação. Para dar o seu voto, bastava usar uma criptomoeda Monero para validar. 

Para isso, os invasores colocaram na página 2 endereços para que a criptomoeda fosse enviada. Logo acima de um dos endereços estava escrito: “Sim, compartilhar os dados” e no outro “Não, não compartilhar os dados”.

O que se sabe afinal, é que minutos depois do ataque a equipe de Trump afirmou que retomou o controle do site e que nenhuma informação pessoal que se diz respeito ao presidente e ao seu governo foi vazada.

Não se sabe a real origem do ataque e nem a confirmação das acusações dos invasores, mas de acordo com matéria da Forbes, o ataque não parece ser de origem americana.

Mantenha-se sempre atualizado. Acompanhe nosso blog e siga-nos nas redes sociais.