Por quê o Bitcoin subiu tanto recentemente?

O Bitcoin vive seus momentos de altos e baixos, tendo como o seu grande recorde a alta de 2017. Passado esse grande momento, muitos duvidaram de que a maior criptomoeda mundial realmente vingaria. Mas 2020 veio para provar o contrário.

Após se recuperar da queda que teve no início do ano, o Bitcoin vinha mostrando sinais de estabilidade, e poucas projeções de que ocorreria um movimento brusco de alta. Mas em Setembro esse cenário começou a se reverter, e desde então, a moeda não para de subir.

Nos últimos 2 meses, a criptomoeda acumula uma valorização de acima de 65%. Se considerarmos o ano todo, esse número chega a 350%. Mas como o Bitcoin conseguiu essa valorização?

Halving!

O Halving é um evento que ocorre a cada 4 anos e tem efeito transformador no mercado de criptomoedas, em especial para o Bitcoin. O aumento da demanda somada a diminuição de novos Bitcoins emitidos, impacta diretamente no seu valor, mesmo que não seja de forma imediata.

O que podemos observar é que a crise do coronavírus afetou negativamente todos os tipos de ativos, porém os criptoativos se mostraram com uma capacidade muito melhor de recuperar do que por exemplo o ouro e dólar.

Outro motivo que ajudou muito nessa arrancada do preço do Bitoin, foi a entrada de Grandes Players na jogada. Com um mercado mais amadurecido e regulamentações mais claras e sucintas, o Bitcoin virou ótima alternativa ao olhos de grandes Gestores de fundos de Investimentos.

Mantenha-se sempre atualizado! Acompanhe nosso blog e siga-nos nas redes sociais.